Entrevista do mês: representante Domingos Sávio Castelo Branco de Holanda

Há quanto tempo está na Taranto?

Estou há mais  de  11  anos. Me lembro como se fosse ontem, no dia  03  de  março  de  2006.

Qual região você atende?

Estou no Nordeste, atendendo os  estados  de  Pernambuco  e  Alagoas.

O que significa para você ser um representante de autopeças?

Significa continuar o belo  trabalho que  meu  pai,  Paulo  Holanda,  começou  a  fazer  em  1957  e  que  fez  até pouco tempo  atrás, antes de  se  aposentar.

Também significa  sair  de  casa  todos  os  dias  com  o  objetivo : “Não vou vender. Vou fazer amigos, vou fazer clientes”.  Sempre de  forma  sincera,  honesta,  inteligente,  parceira  e  lucrativa  para  todos, de Fornecedores,  Clientes  e  Representantes.

 Conte para nós alguma história curiosa que já aconteceu com você nestes anos de atuação de mercado?

Uma  história  curiosa  que  posso  citar foi  a  minha.  Apesar de  eu  ter  comentado  acima  o  significado  de  “ser  representante  de  autopeças  é  continuar  o  belo  trabalho  do  meu  pai”,  confesso  que  passei  mais  de  20  anos  para  enxergar  isso. Justamente porque passei  mais  de  20  anos  trabalhando  em  balcão  de  autopeças  e  meu  pai  falando,  “vamos  pra  rua,  vai  vender  na  rua”.  Sai  algumas  vezes  com  ele,  mais  achei  “um  saco”  ter  que  esperar  pra  ser  atendido  por  compradores  e  ou  donos  de  loja.Só  em  2006  aos  41  anos  me  apareceu  a  oportunidade  de  representar  a  Taranto em  Recife. Dei  a  mão  à  palmatória,  vi  que  representação  era  “minha  praia”  e  até  hoje  estou  aqui.

O que mudou do tempo em que você entrou no mercado para hoje?

Mudou  tudo,  principalmente  o  que  mais  me  impressiona  é  a  velocidade  das  negociações.  Na  década  de  80  ainda  se  enviava  pedido  pelos  Correios.  E o  pedido  só  era  atendido  depois  de  20  ou  30  dias,  ou  mais.  As  grandes  indústrias  usavam  o telex.  Depois  veio  o  fax, que na época era um  espanto  da  tecnologia. Hoje a tecnologia dispensa comentários, até um dia que vamos enviar pedidos por pensamentos (risos).

Qual o recado que você deixa para seus clientes.

Foque sempre  no  trabalho  rápido,  eficiente  e  honesto  com  seus  clientes,  fornecedores  e  funcionários.  Somente assim  você  supera  qualquer  crise, sem   nunca  esquecer  da  frase  de  Delmiro  Gouveia: Dificuldade se vence com talento.